laparoscopia-ginecologica

O que é Laparoscopia?

A Laparoscopia é um procedimento cirúrgico realizado com técnicas muito pouco invasivas, não necessitando de um corte profundo e abertura da pele, por exemplo, para a realização do procedimento.

Diferentemente das cirurgias tradicionais, a Laparoscopia é feita por meio de pequenos furos na pele, especialmente na região do abdômen, onde geralmente o procedimento é realizado. Estes furos podem variar entre três e seis, de acordo com a necessidade e o procedimento a ser realizado.

Assim, por meio destes pequenos furos o médico poderá alcançar os órgãos necessários e realizar os mais diversos tipos de procedimentos. Além da cirurgia feita por este meio, a Laparoscopia pode ser utilizada também para a realização de exames diagnósticos ou até mesmo biópsias.

Quando a Laparoscopia é mais indicada?

A funcionalidade da Laparoscopia a torna um procedimento extremamente útil em diversas situações, porém, é na ginecologia que encontra uma funcionalidade ainda maior.

Um dos exemplos de casos em que a Laparoscopia é mais indicada é na determinação de dores pélvicas e nas razões de infertilidade, podendo determinar resultados mais precisos em pouco tempo.

Outra situação na qual a Laparoscopia é uma das melhores alternativas é no diagnóstico e tratamento da endometriose, problema que acomete um grande número de mulheres, lhes ocasionando dor intensa durante o período menstrual e sangramento desregulado, podendo também ocasionar a infertilidade.

Assim, com o método pouco invasivo da Laparoscopia, além de um diagnóstico mais rápido da endometriose, seu tratamento poderá ser muito mais eficaz, proporcionando resultados mais rápidos e com um curto tempo de recuperação.

Outro tipo de cirurgia na qual a Laparoscopia é um dos procedimentos mais indicados é a histerectomia, que consiste na retirada de parte do útero ou de sua totalidade para o tratamento de miomas, sangramentos uterinos e até mesmo em casos de câncer de útero.

Riscos e benefícios da Laparoscopia

Assim como todos os tipos de procedimentos cirúrgicos e que necessitam de anestesia ou nos quais existe um tratamento a ser realizado, a Laparoscopia apresenta alguns riscos, devendo ser sempre realizada por profissionais capacitados e de confiança.

Entre os principais riscos de uma Laparoscopia, e que exigem uma atenção maior dos médicos estão perfurações de órgãos como o estômago ou o intestino, o que pode ocasionar hemorragia e maiores problemas.

No entanto, os riscos em uma Laparoscopia apresentam uma incidência muito baixa, sendo considerado um dos procedimentos mais seguros para diversas cirurgias.

Em contrapartida aos riscos, a Laparoscopia apresenta alguns benefícios que tornam este tipo de procedimento ainda mais recomendado. Um dos maiores benefícios da Laparoscopia é o fato de a intervenção ser minimamente invasiva, diminuindo assim os riscos de reações negativas do corpo ao procedimento, bem como minimizando as chances de infecções.

Além disso, as cirurgias realizadas por meio da Laparoscopia proporcionam uma recuperação muito mais rápida e menos dolorosa, nas quais muitas vezes os pacientes são liberados do hospital no mesmo dia ou no dia seguinte ao procedimento.

Desta forma, com riscos muito menores e mais benefícios em relação às demais cirurgias, a Laparoscopia é um procedimento considerado muito mais recomendado para diversas situações do que cirurgias tradicionais, podendo proporcionar um tratamento mais eficiente e uma recuperação mais rápida aos pacientes.